Blog   Facebook   Convenios   Links Uteis   Localizacao   Contato   Inicio  
               
   
               
 
               
 
 
ulceras

Úlceras de perna representam a forma mais grave da doença venosa. Essas úlceras têm uma localização característica na parte inferior e interna da perna, por ser o local mais alto da pressão venosa. Elas aparecem em pacientes com varizes calibrosas e de longa data e em pacientes que em alguma época de sua vida desenvolveram um quadro de Trombose Venosa Profunda.

Uma vez adquiridas, as úlceras venosas costumam levar meses para cicatrizar, mesmo com tratamento adequado. Sem tratamento, elas podem se prolongar  e atingir toda a circunferência da perna em casos mais avançados.  Estas úlceras afetam de forma significativa a saúde e o convívio social prejudicando muito a qualidade de vida do paciente. Além disso, o custo do tratamento de uma ferida que demora meses para cicatrizar é muito alto.

 

       
Causas

A principal causa das úlceras é quando ocorre uma pressão aumentada no interior das veias da perna, ou seja, as veias responsáveis para levar o sangue de volta ao coração estão comprometidas e o sangue tende a permanecer mais nas regiões das pernas, causando varizes e inchaço.
 

ulcera

     
 

             
 
Diagnóstico

O diagnóstico da causa da úlcera é feito através de um exame clínico na consulta com um cirurgião vascular e através de um exame chamado Ecodoppler ( Ecografia Vascular), para avaliar o funcionamento das veias do sistema profundo e superficial da perna. A presença de manchas marrons no tornozelo são sinais de doença venosa avançada. Elas são praticamente irreversíveis e é geralmente neste local que irão se formar as úlceras venosas.
   
             
 
 
 
Tratamento

Essas úlceras devem ser tratadas e orientadas por um médico especialista em Cirurgia Vascular, pois ele poderá diferenciar os vários tipos de úlceras de perna e orientar o melhor tratamento para cada uma delas.  Algumas feridas são cicatrizadas apenas com trocas de curativos, orientações de repouso e uso de meias elásticas, mas existem úlceras maiores e crônicas que se devem tratar a causa dessas feridas. Se houver infecção são usados antibióticos e quando necessário, uma cirurgia é realizada para limpeza da ferida. 
   
               
Escleroterapia com Espuma    
 

O objetivo do tratamento das úlceras ou varizes pelo método da escleroterapia eco-guiada com espuma é causar inflamação das paredes internas da veia doente levando à sua oclusão, isto é, impedindo a passagem do sangue por esta veia.

As veias tratadas atrofiam e perdem sua função e deixam de causar a hipertensão venosa.  Indicamos este tratamento para pacientes com varizes calibrosas, úlceras abertas e varizes menores em casos selecionados. A espuma é preparada agitando o medicamento esclerosante com gás (ar ambiente, gás carbônico e outros) e injetada no interior das veias doentes com a ajuda de um aparelho de ecografia vascular.

Após a injeção da espuma, poderá ocorrer uma inflamação na veia tratada e algumas podem ficar sensíveis ao toque, mas esta sensação desaparece em aproximadamente 30 dias. Em alguns casos, a pele pode ficar escurecida sobre o trajeto venoso tratado, mas esta mancha desaparece no período variável de um a três meses após o tratamento final.

Este tratamento pode ser realizado no próprio consultório médico, não precisa de anestesia nem de jejum.  O paciente é liberado para caminhar logo após o procedimento.

  Blog   Blog   Blog   Blog   Blog   Blog   Blog