Técnica de espuma para o tratamento de varizes é alternativa à cirurgia

Técnica de espuma para o tratamento de varizes é alternativa à cirurgia

Presente em quase 40% da população e ainda mais comum em mulheres, as varizes podem ser tratadas de forma menos invasiva em pacientes que possuem algum tipo de risco para realização do procedimento cirúrgico. É o caso de pessoas com hipertensão venosa, varizes calibrosas, úlceras de perna ou risco aumentado para o tratamento convencional (a cirurgia). 

 

Conheça a técnica de espuma

A técnica de espuma tem o objetivo de impedir a passagem do sangue na veia que está doente. Desta forma, a espuma causa uma reação inflamatória no vaso, fazendo com que ele perca sua função. De acordo com os médicos do Instituto de Angiologia e Cirurgia Vascular de Curitiba (IACVC), Dr. José Fernando Macedo e Dr. Rodrigo Macedo, dessa forma, a veia que estava prejudicando a circulação sanguínea do paciente tem sua função interrompida.

 

Aplicação 

No tratamento, o especialista aplica com a seringa um medicamento em forma de espuma. A aplicação é feita diretamente no vaso sanguíneo com o auxílio de um aparelho de ecografia vascular. A medicação pode ser aplicada no próprio consultório médico. Como resultado, a técnica de espuma permite uma recuperação mais rápida ao paciente. 

 

Indicação

O tratamento pode ser feito em pacientes com varizes calibrosas, que estão sujeitas à complicações mais graves. A técnica de espuma pode ser realizada também em pacientes com úlceras abertas, varizes menores e em idosos. Após a injeção da espuma, algumas veias podem ficar sensíveis ao toque. Isso é normal e passa em aproximadamente 30 dias. Nesse sentido, pele escurecida na região tratada também é um efeito comum. Entretanto, essa mancha desaparece em um período que varia de um a três meses após o final do procedimento. 

 

Melhor tratamento 

Apenas um médico especialista pode indicar o tratamento mais adequado para cada paciente. Entre em contato com o Instituto de Angiologia e Cirurgia Vascular de Curitiba (IACVC) e agende uma consulta. Tenha acesso a mais dicas de prevenção e cuidados com a saúde. Nos siga também pelo Instagram e Facebook

Leave a Reply

Your email address will not be published.

×